sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Vira pó.

Ao cria vínculo com outro alguém resulta-se no próprio somatório. E quando isso não ocorre? Quando o sinal negativo se sobrepõe ao amor ao próximo?

Das mil e uma características atribuídas a mim, a mais distinta sempre foi o desapego. Desfazer laços, pôr o ponto final em diversas relações humanas; por mais que seja doloroso, o faço. Se me diminuem, eu diminuo.

Talvez a solidão seja mais digna que o acompanhamento. No acompanhamento me engano, tropeço, crio expectativas.. depender de mim mesmo, é mais seguro e até prático.

Encaro o fim como um processo natural. O fim do sorvete, o fim da aula, o fim de algumas amizades, o fim do namoro, o fim da vida. O fim é a única certeza que rege a todos.

E as despedidas? Machucam, são duras, são frias, remoídas por muito tempo. Porém, com muita espera, há a dissolução da mágoa e depois que vira pó, corre com o vento e é esquecida, por sua vez.

7 comentários:

~ disse...

estar sozinho é estar na companhia de si mesmo. talvez seja a prova de que o seu desapego seja carência de amor próprio.

Iago Barreto disse...

Existem pessoas que preferem estar sozinhas que em boa companhia, pois confia-se e atribui-se a si próprio a auto-suficiência e o bem-estar, e com isso, a não necessidade de cultivar vínculos afetivos. Eu não sou desse gênero, mas respeito quem é. Só não compreendo, mas cada um com a sua filosofia de vida.

No fundo eu acredito que um dia isso tudo passa (até para os mais fortes), e a auto-suficiência se esvai como um processo natural, assim como o fim do sorvete, por exemplo.

giu batista disse...

sobre o primeiro comentário aqui postado, A-DO-REI o posicionamento. Agora assim, em termos de interpretação, não consegui compreender bem a ligação do desapego com a falta de amor próprio. Se voltar aqui, favor me explicar em mais detalhes a lógica..

=*


e Iago, pode até ser.. mas até chegarmos à isso, há uma longa caminhada.. não sei.. uhm..

P.M.A disse...

Na Verdade, no isolamento sempre procuramos seguir nossas próprias vontades e convicções. E depois, nos frustramos. Pois, nunca poderemos comprender o que está além do que tendemos a entender.

"Conhecereis a verdade, e a verdade vos livrará." (Jo 8,32) :D

giu batista disse...

agora sim, de fato compreendido e analisado.

Até acho que essa postura de isolamento é nada mais que auto defesa. Não provém de pessoas sem amor próprio e sim, de pessoas inseguras. Mas inseguras por que? Que mal o mundo pode causar à alguém fazendo com que essa pessoa despreze as demais, frustrando sim, todos os relacionamentos sociais que havia de existir em sua vida?

É muito pessoal estudar a reação de cada indivíduo em frente a adversidade. No caso do post, a situação descrita é uma grande amizade que perdi recentemente. Certa ou errada me apego à mágoa e ao rancor, desapegando de quem já me fez sorrir com mais facilidade que ao contrário. =/

Se o mundo me fez assim, eu não consigo desfazê-lo em mim..

Waltin Sousa disse...

affff maria, mamãe d DEUSSSS!
+ q direi eu?
papitar-me-ei sobre este tema tão polemico!

entendi, t compreendi, pois sou assim como vóz micÊ!
amputo 1 membro meu,se for preciso!
pra se evitar 1 mau maior!

pois o mau, é como 1 pé d eucalipto, pois sua copa, pode chegar a 30 metros para cima,
e sua raíz, pode chegar a 30 matros para baixo!

assim é o mau a nossa volta!

em nossa casa, na beira do muro, vemos um pézim desta arvore.
nós olhamos e dizemos, quando for varrer, tiro!
dai, varremo e ele continua alí!
daí ele cresce para 30 cm, fazemos a mesma coisa!
dai chega a 50 cm, daí pensamos.
é só pegar uma enchada e arrancar, + não o fazemos.
daí cresce + 1 pouco!
chegando a 1 metro.
daí já era!
vc não arrancou ela com a raíz e tudo, enquanto estava pequeno, agora, só t resta cortar!

+ todos sabemos, q uma arvore q tenha raíz cravada ao chão, vc corta, corta + corta!
e sempre terá q cortar!
pois sempre vai rebrotar.
pq vc corta a copa, + a raíz sempre o fará rebrotar!

assim é o mau q nos cercam!
ou vc o arranca, com raíz e tudo... + ao fazer isso, agente sofre d+ dá conta sô! + sofre um vez, só!

por medo d sofrer, todos deicham o mau crescer.+ quando decidem cortar, é tarde d+! o mau criou raíz profunda... vc sempre terá q cortar, jámais conseguirá arrancar...
+ não se esqueça!
toda vez q vc tiver q cortar, vc vai sofrer q nem subaco e alejado, pois a raiz sempre estará, alí!

concordo com a Gil!
melhor é sofrer 1 vez só! + acabar com o mau.
aou ter q conviver com ele pro resto da vida!

+ creio q antes d tomar esta radical atitude, vc sentou, conversou, e levou o extremo, até onde vc suportou!

+ vc mediu, pesou, vc julgou insuficiente!

na verade, vc super-valorizou,
quem sempre t despresou!

tbm passei por isso!
+ t vejo, como uma mulher d fibra, d honra, q tem dignidade!
virtude rára, q hj em dia se desveiriu! quase ninguem tem!

espero, q esteja certu, né!
se não é 1 furo e tanto! rsrsrsr

Anônimo disse...

Vim para mudar essa história, pois você se apegou a mim. QQQQQ

=**

L a e n i a