sábado, 22 de maio de 2010

O que é literatura para você?

Ler é uma arte. Saber escolher um bom livro é uma tarefa árdua e complexa. Literatura pode ser definida como a arte de criar e recriar textos, de compor ou estudar escritos artísticos; é o exercício da eloquência e da poesia; o conjunto de produções literárias de um país ou de uma época; a carreira das letras. Literatura se sente na alma. Particularmente, eu destesto os livros da atualidade. Os livros novos são muito industrializados. Eu evito lê-los para não contaminar meu ponto de vista literário com o comércio que rola por de trás da arte.

Não compreendo quando uma pessoa diz: '' - eu amo ler! sou um leitor assíduo! Já li todos os livros da Talita Rebouças, da saga Twilight, do Harry Potter, do Dan Brown (porque ele é muito cool, claro), já li A Cabana e O Caçador de Pipas também, afinal, sou uma pessoa atualizada e culta.'' Não quero julgar as pessoas que gostam desse tipo de leitura e muito menos desmerecer os escritores que estão na lista dos mais lidos e vendidos do mundo, afinal suas obras são dignas desse status não à toa. Acho que cada obra tem seu valor, inegavelmente, porém, são livros enfiados garganta abaixo para movimentar a economia. São livros ficcionais e sem sentimentos, na maioria. São livros lançados para concorrer com os sucessos do ano passado e bater o recorde de vendas. São livros que não se importam como a riqueza de palavras e com a introspecção. São livros que têm a capa bonita, que vão virar filme com efeitos especiais inovadores, que não viram cultura, mas moda.

Mais uma vez repito: essas obras realmente são boas. São textos atraentes, criativos, com um grande trabalho de pesquisa envolvido. Mas são importados demais, frágeis demais. Os grandes Clássicos são deixados de lado devido a essa nova geração de livros ''que faz a cabeça do jovem e do adulto''. Quem já leu toda a obra literária de Machado de Assis? E quem já leu os livros do Dan Brown? Existe uma falta de consideração pelos clássicos, pelos escritos nacionais, pelos grandes autores do passado. Ao meu ver, qualquer tipo de leitura é válida, porém há muita coisa não valorizada pelo publico que deveria ser explorada.

Acho que ainda prefiro os velhos livros velhos, amarelados, que depois de lidos, vão habitar o fundo do meu ser. Obras lindas, trabalhadas, não comerciais e palpáveis. Escritores que marcaram a história pela sensibilidade e não por manter uma certa alienação da grande massa ao seu favor.

4 comentários:

P. Augusto disse...

gostei desse novo post , do teu blog ;]

Brucelee'LUCASPIRES. disse...

Qndo fala de literatura lembro:
E-VE-RAR-DO ;D

Leonardo disse...

Bom texto, otima introspeccao! (:

[leobrasil]

giu batista disse...

thanks, guys!