quinta-feira, 11 de junho de 2009

Ciclos.


''Tem coisas que não vão sumir, você sabe.'' Nene Altrô sabia o que estava dizendo quando compôs a letra da música ''Ao que é bom nessa vida'', no mais recente CD. Existem coisas/pessoas/sensações que percorrem um longo caminho e mudam de aparência, mas não de essência. Por mais que lutas internas sejam travadas ao fim de romper a coerência e a certeza eterna, nada adianta. São ciclos naturais e inabaláveis. Sempre voltaremos ao mesmo ponto e tudo se repetirá.

Queremos despedaçar a história, é inevitável. Somos assim e fim.
Desejamos um lugar impossível de obter.
Precisamos desfazer-nos de algumas vidas para outras surgirem.
Isso dói, mas faz parte do jogo, no qual nunca ninguém vencerá, pois a vida é maior que nós.

sábado, 6 de junho de 2009

Mil Glórias.

Eu, o demônio em tua cama canto mil glórias.
Teu batom esconde segredos que só eu sei.
Mas só você, meu bem, me faz sentir que existe algo mais
Só você, meu bem, me que mal me quer bem demais.
Espera, que faz frio lá fora
E ainda assim, seca demais
O querer de teu pulsar, amor,a quem te satisfaz.
Teu amante, vim responder a tuas preces.
Teu corpo, pra abraçar quando escurece.
Teu escravo, teu demônio, teu estranho
Mais sincero a gritar que só você, meu bem, querer
Só você mal me quer bem demais.Mil glórias!
Eu, o demônio em tua cama
Roubo teu batom e a chama
Que te inflama me faz fogo então.
E se te afasto da razão e digo “é só amor”,
É porque sei que entre os deuses
Não existe o bom ou o mau,
O correto ou atrevido,e ninguém então é ferido.
Então cospe nesse olhar aflito
De quem te quer mais que um mito.



Dance of Days - Mil Glórias.
música dedicada ao I. B. (: