domingo, 19 de abril de 2009

Mais do Machado.

'' Tinha a alma acima do destino. Era orgulhosa que chegava a fazer da inferioridade uma auréola; mas o orgulho não lhe derivava de inveja impotente ou de estéril ambição; era uma força, não um vício - era seu broquel de diamante - o que a preservava do mal, como o do anjo de Tasso defendia as cidades castas e santas.''
Iaiá Garcia - Machado de Assis, Cap. III

Nenhum comentário: